Ensaio sobre a Cegueira

setembro 15, 2008 at 6:11 pm (ficção, Filmes, Livros, romance) (, , , , , )

Quando li este livro a primeira vez fiquei nervosa. porque pra mim, é um retrato da natureza humana. mesmo soando clichê. todos porcos, imundos. todos sofrendo, fazendo sofrer. tentando manter uma sanidade mental.
Me recordo de um dia estar em uma roda de amigos e estarmos falando sobre o quanto tem de autoral uma obra. pelo que você passa para escrever (ou filmar) daquela maneira? pensei sobre Saramago e o que ele pensou.
Eu particularmente tenho uma certa aflição de lugares com muita gente junta. seja num show, seja numa sala. um monte de gente junta, numa sala com fome. um monte de gente junta, numa sala, com fome e cegos. e sem sexo. e sem dignidade.
A cada pagina virada, eu esperava pelo pior.
Pensei na amizade. na beleza, na dor. nos limites de cada um. nos meus próprios limites. pensei nas adaptações que a gente faz. e em como não é difícil não. como é fácil. você se adapta. você se molda de acordo com o que te mostram, te oferecem.

O filme não deixa a desejar. como eu já havia lido o livro, senti o filme um pouco aquém. faltou sujeira. gostei muito da escolha dos personagens. quando eu li o livro, pra mim todos eram caucasianos, brancos, cabelos escuros. foi ótimo um japonês como primeiro cego. um negro como o cego da venda preta. não pensaria nisto como diretora (talvez por isso não o seja). boa a iluminação estourada. eu gostei. como disse um amigo meu “não é o filme da minha vida, mas é muito bom.”.

O Livro Ensaio Sobre a Cegueira é de 1.995.
li a edição da Companhia das Letras.

O Filme é de 2.008.
é dirigido pelo Fernando Meirelles.

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário